Dia dos Pais

A comemoração do dia dos pais teve origem em 1909 nos Estados Unidos quando, para homenagear seu pai que criara os seis filhos sozinho devido a morte da esposa, Sonora Louise Dodd teve a iniciativa de promover a celebração. A data só foi oficializada no ano de 1966 e escolhida para o dia 3 de junho nos Estados Unidos.

Já no Brasil, se tornou oficial no dia 14 de Agosto de 1953, dia de São Joaquim, padroeiro e patriarca das famílias. Atualmente é comemorado no segundo domingo de agosto. 

Porém, registros históricos apontam que homenagear os pais é costume há mais de 4 mil anos! Hoje as datas variam de acordo com os países e tradições.

É importante lembrar que cada família tem a sua forma de comemorar, celebrar e demonstrar amor e carinho para a figura paterna!

Conversamos a Psicóloga Maria Fernanda Martins para discutir melhor a importância da figura paterna na vida das crianças. 

P: Como se manifesta a importância da figura do pai na vida da criança?

R: O pai é uma figura de apoio imprescindível que junto com a mãe forma um equilíbrio emocional ideal para o desenvolvimento de vínculos e interação afetiva. A figura paterna ajuda a desenvolver habilidades, a constituição da personalidade, a estabelecer limites, na formação de caráter, bem como a estabelecer relações sociais saudáveis.

P: Se a figura do pai não está presente, quem pode exercer essa função e de que maneira?

R: É comum que a figura paterna seja exercida por um tio, avô, um irmão mais velho ou um padrasto mas hoje as constituições familiares estão sendo reconfiguradas de forma que o fundamental é mesmo a manifestação de afeto e contínuo apoio no desenvolvimento e na estrutura emocional dessa criança.

P: É importante que o relacionamento entre pai e filho seja estabelecido desde a primeira infância?

R: Sim. Crianças que sentem o apoio do pai se tornam adultos mais seguros e confiantes. Já as crianças que se sentem pouco aceitas ou rejeitadas podem se tornar socialmente retraídas. Quando a representação do pai é ausente a sensação de insegurança pode se manifestar ao longo de toda a vida e muitas vezes gerar hostilidade nas relações sociais, de trabalho e principalmente afetivas. Por isso, é tão saudável que nessa ausência alguém possa cumprir essa função de forma afetiva, consistente e contínua. 

___________________________________

Nós da Gâteau de Mariée reconhecemos que assim como as mães, os pais também gostam muito de se envolver na participação das comemorações e de seus desenvolvimentos.

Entendemos também que, independente de qual pessoa ocupa essa função na vida da criança, o que importa mesmo é a celebração da vida e da oportunidade de se ter uma família!

Desejamos um feliz dias dos pais para todos os nossos clientes!
Cheio de muito amor e doces. 🙂

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Ao continuar a usar este site, assumiremos que concorda com nossa Política de Privacidade.